quarta-feira, 5 de março de 2014

UM MONSTRO DE OLHOS VERDES

Vamos escrever sobre um grande monstro de olhos verdes,perigoso,agressivo e destruidor,para termos uma ideia aproximada do perigo que ele representa,ele por si se gera,e se alimente de imaginações e fantasias nascidas das inseguranças de algumas pessoas.Para não causar terror,não mostramos ele em sua aparência normal,mas informamos que ele tem garras enormes para poder segurar suas presas,as quais quando são dominadas,se debatem e sentem grandes dificuldades para conseguirem se libertarem.Olhem atentamente para ele,enorme,violento e faminto,a qualquer descuido ele ataca,sem preferência de homens ou mulheres,todos correm sério perigo de seu ataque.
Ele é solitário,e tem como objetivo destruir quem vive em pares ou grupos,ele ataca vários tipos de animais,mas sua preferência são o seres humanos,e em especial casais.
Esse monstro vem dos princípios do mundo,já esteve presente nas histórias da mitologia,nas religiões,e na historia da humanidade de forma mais perversa,por mais milenar que ele seja,ele esta cada vez mais forte,e ninguém conseguiu exterminar sua raça,vivemos assustados,porque a qualquer momento ele pode atacar alguém nós amamos,e nem sempre derrotá-lo será uma tarefa fácil,parece até que seu ataque é similar ao de uma grande serpente,que quando laça a presa parte os vasos sanguíneos,sem deixar que o oxigenio circule,e com isso não aconteça resistência.
A vítima de seu ataque fica com a visão turva,não consegue enxergar o que na realidade existe,seu raciocínio fica adulterado,pensa que tem poderes total sobre o outro,imagina que seu par é uma propriedade sua e que tudo deverá ser feito sob sua autorização.e esse monstro não ataca de vez,ele vai cercando a vítima,que não percebe sua mudança de comportamento,e quando alguém alerta o perigo,ele ataca novamente,mais forte e mais resistente,querendo a qualquer custo atingir as pessoas,destruindo amores e provocando a discórdia e o ódio.
Leiam o que o grande William Shakespeare,escreveu sobre esse monstro de olhos verdes.(Meu senhor,livrai-me do ciúme!É um monstro de olhos verdes,que escarnece do próprio pasto que o alimenta.Felizardo é o enganado que cônscio,não ama a sua infiel!Mas que torturas infernais padece o homem,amando,duvida,e suspeitando adora).
Definir esse monstro de olhos verdes,tem sido uma constante dúvida de cientistas e psicólogos,visto que o ciúme é como um divisor entre o imaginário e o real,e uma fantasia ilustrada pela pouca autoestima,,pela insegurança,ele estar em cada um de nós,como uma bomba relógio que a qualquer momento pode ser ativada,e assim temos que ter muito cuidado ao tentar desarma-la,temos que aumentar o diálogo para ganharmos tempo,devemos fazer essa operação de forma segura,com calma,sem pressa mesmo,se tentarmos resolver de qualquer jeito,com certeza ela explode, esse monstro também de alimenta desse tipo de explosões,em que o descontrole emocional funciona como detonadores,a insegurança como explosivos,tente se livrar do monstro do ciúme,antes que ele possa explodir você,não podemos,nem devemos destruir um relacionamento,para fortalecer,esse monstro de olhos verdes.

Ass,  Maninho.

maninhoideal@gmail.com



Postar um comentário