domingo, 2 de novembro de 2014

Brasileiros e brasileiras, gente forte tal qual a árvore que originou o nome desse país,talvez por merecimento ou reconhecimento, deveria ter o vermelho de suas sementes em algum espaço da bandeira nacional, não só representando o pau brasil, mas simbolizando o sangue derramado por essa gente, na construção desse gigante chamado Brasil.
Com certeza, da mais simples a mais sofisticada construção, a matéria prima mais importante não estava a venda nas lojas, o suor de nosso povo. Esse suor que está petrificado e nunca será demolido
Brasileiros da ginga da capoeira vindas de além mar, da força  do jangadeiro, que desliza sua jangada sobre as toras de madeira,para desbravar os verdes mares, enfrentando  as marés, o sol e o sal, brasileiros vaqueiro, com seu gibão de couro cru, riscados pelos espinhos nas caatingas, brasileiros do cangaço, e de suas diversificadas culturas, do tambor, da sanfona, do berimbau,todos emfim brasileiros culturais,independentes de regiões, representam em suas culturas belas páginas na história.
Brasileiras da mulher rendeira, de Maria Bonita, brasileiras dos canaviais, das lutas, brasileiras prendas do lar, de tantas e tantas outras funções sociais relevantes para mostrar esse Brasil forte.
País de profissões múltiplas, de potencial invejável, povo hospitaleiro, mas também guerreiro.
Falam que Deus é brasileiro, e deve ser mesmo, para dar a esse povo tanta força para suportar tantas adversidades, e saber administrar e nunca perder a esperança, que um dia sejam de verdade abençoados.
Brasil de riquezas naturais admiradas,mas também de riquezas exploradas sem um processo de acompanhamento mais rigoroso. Olhai o verde da bandeira, olhai as matas brasileiras devastadas, sofrendo com o desmatamento de forma irracional, com um programa de reflorestamento desproporcional  as agressões sofridas.
Olhai o azul de nossos lagos, lagoas, rios e riachos, estão desaparecendo, sufocados pelas construções irregulares, pelo desmatamento em sua orla, provocando grande prejuízo a fauna e a flora.
Brasil,olhai o branco da bandeira, o branco da paz, a paz que todos nós precisamos , paz para ir e vir, paz para trabalhar, passear, amar, estudar, ensinar, paz para viver, esse branco está ficando cinza, não deixem mudar a cor de nossa bandeira. Olhai o amarelo que representa nossas riquezas, e realmente tantas riquezas, distribuídas de de forma errada, as vezes até existe a boa vontade dos governantes, mas falham vergonhosamente no acompanhamento das aplicações das verbas, não basta divulgar quantos milhões foram aplicados em determinado setor, se não houver uma política ativa de fiscalização, estarão jogando o dinheiro público pelo ralo.
As famílias brasileiras, principalmente as de baixa renda, esperam que o estado tenha um programa com maior eficiência, elas não podem chegar até o planalto, mas os representantes do povo que lá estão, devem representar os interesses dessas famílias, de forma ética, eles precisam contar com elas para um novo pleito.
Bravo povo brasileiro, vamos continuar firme de esperança e de propósito, não vamos desistir de nossa luta por dias melhores, sejamos perseverante, esse é um país que vai para a frente, então marcharemos juntos, não somente para acompanhar, mas para lutar pelos nossos direitos, de forma ordeira, mas de uma maneira de não deixar dúvidas que sabemos o que queremos e merecemos, o crescimento e desenvolvimento de uma nação, depende diretamente das conscientização de seu povo. Hoje somos ranqueados em tempo real, não podemos aceitar  decisões que venham beneficiar somente a um determinado grupo,estamos em uma democracia,participe,lute,faça valer seu direito.

Ass.  Maninho,
Postar um comentário