quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

POR ONDE PASSAM OS SONHOS

Sonhar, talvez essa seja a condição mais relaxante para que possamos aliviar nossas tenções. O stress, as responsabilidades, os tantos problemas que enfrentamos, nos deixam muitas vezes com insônia, e se não quisermos acostumar o nosso organismo com remédios, com certeza podemos improvisar. Alertando que o ideal é procurar especialistas de área médica.
Feche os olhos e imagine ser, o que você gostaria de ser ou conseguir. Procure escutar somente o som de seus desejos, no sonho podemos ser tudo que queremos, e com uma grande vantagem,não pagamos nada por isso. Nossos sonhos passam por uma enorme janela, a janela da ilusão. E ao passar, a ilusão se encarrega de nos envolver em emoções.
Em ocasiões específicas, os sonhos passam por várias janelas, até nos deixar na dúvida entre o sonho e a realidade. Os sonhos passam pela da carência, da esperança, da desilusão, mas é na janela da ilusão que as emoções encontram o lugar certo para se estabelecer. A ilusão nos permite tudo em segundos, e nossos anseios geralmente são sobre o que queremos para conseguir a nossa felicidade, assim ninguém vai sonhar tristezas, vamos viver a felicidade.
O mundo imaginário vai nos realizar, e quando isso acontece, nosso corpo se liberta das tenções nervosas, porque somos nós dirigindo o nosso destino, e nesse momento não existe o impossível, conseguimos tudo e da forma que queremos, e quando menos esperamos, o nosso sonho controlado, pode mudar de rumo,e deixarmos de sonhar acordado, para sonharmos dormindo.
Os sonhos passam agora por uma janela desconhecida, é como se o corpo e o espírito fizessem um acordo de separação momentânea. Os sonhos passam por um arquivo de memória, e muitos arquivos desconhecidos, e quando os sonhos passam em áreas de desconforto, se transformam em pesadelos.
Diminua consideravelmente as agitações do dia a dia, sonhando acordado, e talvez em uma dessas experiências, as respostas de tantas perguntas sejam reveladas.
Mas quando acordarmos do nosso sonho, vamos acordar para a realidade, porque na diferença entre o real e o imaginário, está na mesma proporção da água e o fogo, e se não acordarmos de nosso sonho, as consequências serão drásticas. Os sonhos passam por nós e não são vistos, e as vezes nós passamos por eles e não os vemos, porque os procuramos de olhos fechados, e esse último tipo de sonho, não podemos relaxar, precisamos estar distante da janela da ilusão, e deixar que os nossos sonhos passem pelas janelas da esperança e da realidade, nossos sonhos vão continuar passando, vamos administra-los com os molhos fechados ou abertos, dependendo de nossas escolhas se os queremos sempre sonhos, ou se os substituímos por realizações.

Ass  Maninho.
Postar um comentário