terça-feira, 12 de maio de 2015

COMPARTILHAR

     Esse é meu filho, campeão mundial de formula 1. Minha filha é campeã olímpica de basquete. Agora está fácil, inúmeros telefonemas, postagens nas redes sociais, afinal, estão no topo da fama.
     Nesse momento é fácil identificar os pais das respectivas estrelas, mas até chegar no topo, com certeza um dos dois tiveram uma presença marcante, e agora na hora de comemorar, é que sabemos o valor da participação. Sem muito esforço, vemos que as mulheres são mais participativas no acompanhamento dos filhos, com uma energia especial, parece não se cansarem, ou talvez movidas pela responsabilidade, estão sempre absorvendo tarefas e mais tarefas.
     Mas os homens precisam urgentemente compartilhar dessa responsabilidade, não é só bancar os custos, é participar de forma ativa, assim a família ficará fortalecida.
Como está a filha na faculdade? e o filho no maternal? as notas, o comportamento, o desenvolvimento, quem está acompanhando? Ele ou ela? Compartilhar esses momentos é extremamente importante, porque mais cedo ou mais tarde, isso vai fazer a diferença.
     Não adianta tentar justificar a ausência, quem quer compartilhar, sempre vai encontrar tempo e meios de compartilhamento. Deixar para se apresentar quando os filhos estiverem no sucesso, não é conveniente, quando compartilhamos no momento certo, estamos criando nossas futuras estrelas.
     Citamos exemplos do esporte, porque move paixões com sua popularidade, mas o fundamental é que, os pais compartilhem desde cedo, o progresso dos filhos, e dividam tempo e responsabilidades, evitando desgastes.Quando existe um reversamento de acompanhamento, a tendência para o acerto é muito maior, e a gratidão e o reconhecimento acontecerá naturalmente.
    Sabe, do maternal até a faculdade, é muito tempo, tempo suficiente para compartilhar, porque no dia da festa de formatura, se aparecerem as lágrimas, que sejam de emoções e nunca de dúvidas.
    Em todas as classes sociais, existem sorrisos e lágrimas, tristezas e alegrias, vitória e derrotas, mas não deveria faltar compartilhamento, esse detalhe, poderá ser o fundamento básico da superação, utilizando a famosa frase dos altares, na alegria ou na tristeza, na saúde ou na doença, compartilhe, compartilhar, é dividir para somar, compre essa ideia, compartilhe com amigos, parentes e familiares, compartilhando, não precisamos nos apresentar, as pessoas nos apresentam.

    Ass.  Maninho
Postar um comentário