sábado, 1 de março de 2014

MULHER RENDEIRA

Na sombra de uma árvore, paralisada,olhar distante,talvez procurando no meio de tantas pessoas,uma conhecida,talvez se perguntando porque tão sozinha,e o que aconteceu,e aonde foi parar o seu lindo trabalho de renda,Olha atentamente as mulheres que passam com suas gingas elegantes ou provocantes,mas não viu nenhuma fazendo uso de uma peça sua,a moda é outra,ela parou no tempo,um homem para para tirar uma foto e as pessoas olham para ele como se perguntassem para que,e o que aquilo lhe interessa,o homem está fotografando um página dessa nossa cultura,hoje pouco difundida e com sérias tendências de extinção.
Mulher rendeira,suas peças artesanais que estiveram por muito tempo em um conceito de nobreza,hoje desconhecida,as máquinas modernas imitam as rendas com seus desenhos computadorizados,e a maioria das pessoas que passam em frente a mulher rendeira,e nem sequer olham nem sabem o que elas representam em nossa cultura,algum bilro,poderá ser visto no mercado central,em algumas lojas de artesanatos,quem tiver a curiosidade de conhecer,verá como era o bonito e difícil trabalho da mulher rendeira.
É o avanço do tempo,preciso em suas adaptações constantes,fazendo suas evoluções independentes de olhares ou observações,vai em frente,para ele o que ficou para traz,faz pouca diferença,as novas gerações ditam o momento e o tempo vai passando,e essa mulher rendeira na sombra dessa árvore,permanece lá,sem saber o que realmente aconteceu,anos e anos passarão,e depois talvez até essa mulher rendeira sofrerá alguma mudança,fruto das constantes mudanças do tempo.

Ass.  Maninho.

maninhoideal@gmail.com.br

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Contos e Encantos: HELENA,AMOR E HONRA

Contos e Encantos: HELENA,AMOR E HONRA: Sei que não vou agradar a Gregos e Troianos,mas já fazem muitos e muitos anos que comentam que a guerra de dez anos,entre Gregos e Troiano...

HELENA,AMOR E HONRA

Sei que não vou agradar a Gregos e Troianos,mas já fazem muitos e muitos anos que comentam que a guerra de dez anos,entre Gregos e Troianos,foi por causa de Helena.
Quando Páris raptou Helena, mulher de Menelau,e provocou a guerra entre ambos,seria quase impossível acreditar que essa guerra durasse tanto tempo,e morressem tantas pessoas só por uma.
Eu sei que Helena era muito bonita,mas sei que existiam muitas mulheres bonitas,e que poderiam naturalmente encantar Menelau,mas a perda da mesma o deixou louco de ira,e acredito que ele foi mais ferido na honra, do que no amor.Tantos crimes passionais já acontecerem,e as pessoas fazem seus julgamentos procurando encontrar um motivo que justifique o mesmo,imaginem justificar uma guerra de dez anos,devido ao rapto de uma mulher.As vezes penso que Páris até pensou em devolver Helena dentro do cavalo,mas temeu pela vida dela,porque a lógica seria devolver,para não ver morrer tanta gente.Mas ao mesmo tempo imagino que ele programou tudo,não foi paixão foi um plano devido a sêde de lutas que eles sempre demonstraram,ali fica o berço dos heróis e guerreiros,e manda uma mensagem ao mundo,que lutar pala a honra,é a maior honra.Ninguém mata ou morre por amor,e sim pela causa,a conquista pelo amor,e umas das maiores conquistas dos seres humanos,existem pessoas que nascem e morrem em busca dessa conquista,Helena sempre será lembrada,os historiadores,continuarão escrevendo que foi por causa de Helena,e eu continuo pensando que foi pela a honra.fica a pergunta,e você tira suas conclusões,Helena tão especial,não deveria ser lembrada só por causa da guerra,mesmo porque a mulher é o símbolo do amor.

Ass.  Maninho.

maninhoideal@gmail.com.br

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Contos e Encantos: Contos e Encantos: AS PALAVRAS

Contos e Encantos: Contos e Encantos: AS PALAVRAS: Contos e Encantos: AS PALAVRAS : As palavras,doces como um favo de mel ou amargas,todas podem exercer sobre as pessoas os mais diferentes ti...

Contos e Encantos: AS PALAVRAS

Contos e Encantos: AS PALAVRAS: As palavras,doces como um favo de mel ou amargas,todas podem exercer sobre as pessoas os mais diferentes tipos reações,e essas reações inf...

AS PALAVRAS

As palavras,doces como um favo de mel ou amargas,todas podem exercer sobre as pessoas os mais diferentes tipos reações,e essas reações influenciam as pessoas a se comportarem de forma estranha,em que muitas vezes forçam as a representarem um papel cujo desempenho será um grande sacrifício,porque suas qualidades como ser humano e civilizado,não vão se adequar de forma satisfatória.Palavras,porque será que culturas milenares ensinam a ouvir mais e falar menos,acredito não ser pelo simples fato de termos dois ouvidos,e sim porque ficaremos mais prudentes,a serenidade é uma virtude que não poderá se perder no tempo.
Palavras,quantas e quantas palavras são pronunciadas de forma agressiva e destruidora,simplesmente porque faltou ouvir raciocinar e falar.
Palavras ditas,pronto,e agora,falei sem querer,falei sem pensar,porque que eu falei isso,e tantos questionamentos que turbinam sua mente,mas já foi,são palavras que poderão deixar cicatrizes por muito tempo,e mesmo que elas desapareçam,sempre que você ver a aquela pessoa,é quase inevitável esquecer o que aconteceu.Palavras,escolha as palavras apropriadas para os momentos certos,não vai ser de forma dura,como se quisesse mostrar poder ou autoridade,que vai resolver,o que resolve mesmo,é ter serenidade,bom censo,respeito,e mostrar conhecimento de que,as palavras são perigosas e que temos de administra-las com sabedoria,evitando desgastes e comprometendo relacionamentos,por palavras apressadas.
Geralmente quem não se importa com um bom relacionamento fala:Eu não levo desafôro para casa,porque fala o que quer e como quer,sem pensar em consequências futuras,e pessoas assim não conseguem administrar sua insegurança,entendendo que está fazendo o maior sucesso. Alguns elevam a voz,e querem ser o centro das atenções,não vejo que seja por maldade,vejo mais como um distúrbio psicológico,ainda quero acreditar que muitas pessoas se arrependem,mas devido a um tal de orgulho próprio que as pessoas falam,impede que essas pessoas,se comportem como pessoas civilizadas,e comprometidas com um bom relacionamento social.

Ass.  Maninho.

maninhoideal@gmail.com

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Contos e Encantos: AMOR DE CARNAVAL

Contos e Encantos: AMOR DE CARNAVAL: Vamos esquecer a aquela tradicional frase,é amor de carnaval,referente a algo passageiro,e quem sabe mudar para é um amor no carnaval.Você...

AMOR DE CARNAVAL

Vamos esquecer a aquela tradicional frase,é amor de carnaval,referente a algo passageiro,e quem sabe mudar para é um amor no carnaval.Você pierrot apaixonado,não chore pela colombina,porque se você chorar é porque a perdeu,se a perdeu,é porque ela tirou a sua máscara.
Carnaval,para alguns é só folia,para outros é alegria,e para muitos é o momento certo para se apaixonar,ou seja um carnaval com amor,os três dias da tradição carnavalesca,pode eternizar um amor,como eternizou o próprio carnaval.
Lembrando uma marchinha de Gilberto Alves,de lanterna na mão,eu procurei,de lanterna na mão,procurei,procurei,e achei,você para o meu coração,e agora,e agora,eu vou jogar a minha lanterna fora.Como é bonita essa marchinha,principalmente quando ele afirma que não vai mais procurar porque encontrou o amor que procurava,esse é o carnaval,de marchinhas,frevos,sambas enrredos,e muito amor, para quem tem a habilidade e a  sensibilidade para encontrar sua cara metade.Não perca sua colombina,a conquiste como você é,afinal essa máscara é de carnaval,as fantasias depois serão guardadas ou esquecidas,mas as emoções serão lembradas,seja um pierrot feliz e faça sua colombina mais feliz ainda,e assim esse amor desfilará em vários carnavais,em que mestre sala e porta bandeira garantiram a nota dez, para a escola de samba um amor com carnaval.

Ass.  Maninho.

maninhoideal@gmail.com

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Contos e Encantos: SURPRESA

Contos e Encantos: SURPRESA: É assim mesmo que acontece,quando você não espera é surpresa,e só é surpresa porque não estamos esperando,quando é uma surpresa positiva a...

SURPRESA

É assim mesmo que acontece,quando você não espera é surpresa,e só é surpresa porque não estamos esperando,quando é uma surpresa positiva a gente fica a vontade,mas quando é negativa, na maioria das vezes ficamos imobilizados,principalmente quando vem com aquele título antigo(de você eu não esperava).
Mas quando acontece vamos até a biblioteca e lemos uma obra prima(ninguém conhece ninguém) e quando refletimos sobre o segundo livro,temos a convicção que o primeiro é de alerta e o segundo é de afirmação.
Mas quem disse que a gente aprende?parece que somos programados para novas surpresas,quando pensamos que poderíamos ou que teríamos a competência de absorver essas surpresas,só temos uma certeza,temos que lermos esses livros várias vezes.
O mais difícil é ter que esconder o rosto,devido o impacto,parecendo até instinto de auto proteção,diante de algo sem perspectivas de acontecimento.Só os fracos e perdedores se desestruturam,os fortes e vencedores se fortalecem,não pela surpresa,mas sim pelo que conseguiu aprender com ela.
Nunca desabem, pensando que você não merecia,ou que você esta sendo injustiçado,afinal,quem é você que não poderia passar por algo dessa natureza,porque você?se todos nós corremos esse perigo de sermos ignorados.Precisamos sim de  termos a atitude e o equilíbrio para normalizar o abalo,e com a certeza que com uma outra edição bem conhecida(sempre tem a primeira vez)se foi a sua primeira vez, a próxima será a segunda,kkk.
Siga,não tente entender, nem explicar,deixe esse assuntos para os críticos,eles se encarregam disso,porque a notícia é na velocidade do som,afinal,o mundo não vai acabar só por isso,solte o sorriso e diga,eu nem ligo.

Ass.  Maninho.

maninhoideal@bol.com.br